Praia da Cordoama

Passeio pela Quinta das Alfambras

Praia de Dona Ana – Lagos

Quinta das Alfambras – Algarve

Nos feriados de Dezembro resolvemos sair um pouco de Lisboa e relaxar um pouco num lugar com muito verde, mar, enfim…Natureza… e fomos para o Algarve porque pelo menos podíamos sair todo o dia sem restrições no fim de semana e no feriado… já que tínhamos que trabalhar…

Ao pesquisar no Booking.com encontramos a Quinta das Alfambras com muito boas recomendações…

A Quinta das Alfambras… é mais do que um local para se hospedar… é um local para se sentir em casa, visto oferecer todo o conforto de uma casa, com os serviços de hotel… e um atendimento 5 estrelas…

Para pequeno almoço, tínhamos 4 opções… que escolhíamos na véspera… e indicávamos o horário em que seria disponibilizado na varanda da casa… um tinha ovos… outro tinha iogurte com granola… frutas, pães, e tudo o que um bom pequeno almoço pode possuir… sem desperdícios…. mas mais do que suficiente para o que sobrasse para guardar para o lanche da tarde.

Os anfitriões se preocupavam, inclusive, por deixar capsula do Café expresso Delta para a máquina disponível na casa… Se pretende almoçar ou jantar na casa… tem todo a comodidade de uma cozinha completa, frigorífico com congelador, fogão, forno, microondas, máquina de café expresso… e até cápsulas para a máquina de lavar louça… a casa é decorada e equipada com pormenores de quem tem muita atenção com os hóspedes… ficamos encantados com o lugar…

Com certeza vamos voltar no verão para aproveitar a piscina fantástica que estava disponível… e infelizmente não tivemos coragem de dar um mergulho… um detalhe muito engraçado…tem um galo rouco…que canta pela manhã….leu bem sim…galo rouco!! e tem um labrador preto lindo!! o Pepper…

Fomos com a expectativa baixa quanto aos restaurantes….e fomos surpreendidos por ótimos restaurantes próximo… dentre eles posso citar em Aljezur o “Gulli Bistrot“, “Várzea Bistrot” (do mesmo dono do Gulli – ambos muito bons!), se prefere pizza… não deixe de experimentar o “Arte Bianca“… ou se vais optar por petiscos… experimente a Petiscaria Altasko

Fomos um dia até a Bordeira e comemos uma sopa de peixe, amêijoas… seguida de uma massada de peixe, muito bons também!! no “Sítio do Rio”…se quiser ver mais detalhes clique nos links que irá direto aos posts que fiz de alguns dos restaurantes).

Outra grande vantagem da localização… é o fato de estar ao lado de Aljezur, Arrifana, Vila do Bispo…. todos locais de praia…e ao mesmo tempo a quinta se encontrar no meio de um pinhal… ar puro 100% do tempo…

Cercada de praias para visitar e surfar (para quem surfa…) fomos a algumas, por exemplo: Arrifana, Monte Clérigo, Amoreira, Bordeira, e se passar para a Vila do Bispo ainda podem encontrar mais… Como Faro estava com restrições não podíamos mudar de concelho…

Se quiserem mais detalhes ou mais dicas….estejam a vontade para perguntar…espero que tenham feito essa viagem de relaxamento comigo pelas fotos e comentários… e pelos posts associados…

O que acharam da Quinta das Alfambras? Ficou com vontade de conhecer?

Até a próxima…em Naboavida.blog

O Abocanhado

Pensa num lugar de tirar o fôlego… agora multiplica por 10…e ainda assim vai estar longe da vista que vais ter o prazer de apreciar enquanto janta no Restaurante “O Abocanhado”…

Me acompanha nesse jantar e espero que aprecie como eu apreciei… Quando passar pelo Gerês não deixe de ir ao “O Abocanhado”… almoçar ou jantar… recomendo que faça reserva previamente… para que possa conseguir um lugar privilegiado como o que conseguimos..

Apanhamos um dia sem vento e céu limpo… apreciamos o pôr do sol durante todo o jantar… não querendo ser piegas…vimos um espectáculo da natureza durante o nosso jantar… e isso tudo acompanhado de uma comida fantástica… que ja irei apresentar para vocês em fotos…

Esta semana estávamos relembrando o jantar…e sabe qual foi a primeira palavra que nos veio a cabeça? PAZ!! o local te transmite uma paz muito grande pela beleza… pela comida e pelo atendimento… os colaboradores são muito queridos mas sem ficar chateando o tempo todo… não fazem qualquer pressão para liberar mesas… deixam as pessoas bem a vontade para apreciar o pôr do sol… ou seja… são pelo menos 2 horas de paz…nesse lugar fantástico no meio do Parque do Gerês…

Vamos agora para a melhor parte… depois da vista… sem dúvida é a comida… optamos na entrada por morcela com puré (chutney) de maçã….adorei e vou fazer em casa sem duvida… devido ao calor, eu acompanhei meu jantar com um jarro de limonada com hortelã bem fresquinha… o Rui optou pelo vinho branco…

Para prato principal, escolhemos a Tibornada de Bacalhau…que nada mais é que: Bacalhau grelhado, lascado em cama de morcela e legumes, regado com azeite, alho e cebola… acompanhado com batata a murro e broa de milho frita…. estava m a r a v i l h o s o prato…eu optei pela carne: Posta à Abocanhado… que era a posta de alcatra grelhada acompanhada com trouxe de couve de migas e batata a murro… tão boa quanto o bacalhau… ousava afirmar que qualquer prato teria sido uma boa opção…

Seguimos admirando a paisagem… não resistimos e optamos pela sobremesa dos gulosos…. aonde temos 3 sobremesas “pré definidas” + 1 à escolha do chefe… a nossa escolha foi a uva…que jogou muito bem com as demais….porque tirava o doce excessivo e nos permitia comer tudo!!!

Quando o sol acabou de se pôr…. tomamos o nosso café e voltamos para a Caniçada…aonde estávamos hospedados…

Com esse jantar… encerramos a nossa semana de férias no Parque do Gerês…

Ao nivel de preço… achei bastante justo para o que comemos…além de que a vista não teria preço… mas essa foi oferecida!

Espero que tenham viajado comigo nesse lugar maravilhoso…e que tenham ficado com água na boca. Quando tiverem a oportunidade de ir ao Gerês… não deixem de experimentar esse restaurante… “O Abocanhado” … o restaurante fica próximo de Vilarinho das Furnas…

Se gostaria de mais informações….deixe seu comentário… se ja conhece… partilha comigo a sua opinião…

Até breve com mais novidades em Naboavida.blog…

Gulli Bistrot – em Aljezur

Fomos conhecer um restaurante em Aljezur… ao contrario da nossa expectativa… só temos elogios.

Não estávamos a espera de restaurantes abertos nesta época do ano e com tão boa qualidade… uma ótima opção e a repetir…

Como a fome não era muita… optamos por pular as entradas… e ir direto ao prato principal e completar com a sobremesa…

Apesar da ementa tender para italiana, pode encontrar desde pratos de carne até pratos de peixe… eu optei pela carne (filet mignon – Porco preto D.O.P. em crosta de sésamo e ervas finas; molho balsâmico agridoce; chips de batata doce)…o Rui pelo Poké Risotto (Poké de lombo de espadarte de Sesimbra e atum vermelho, servido sobre risotto de abóbora e citrinos, amanteigado com ghee e miso)…A minha carne estava macia e deliciosa…mas ainda assim, gostei mais do poké… talvez pela frescura do Poké junto do risotto… foi uma combinação perfeita! Acompanhamos o jantar com sangria…

Claro que não resistimos em experimentar a sobremesa… e de facto…com essas sobremesas vale a pena engordar 😁 Vejam nas fotos ao que me refiro…o tiramisú affogato e uma mousse de chocolate belga maravilhosaaaaa

O ambiente do restaurante é muito agradável…assim como o atendimento, informal e cool ao mesmo tempo!

Você já conhece? Deixe sua opinião!

Até a próxima e espero que tenham curtido a experiência! Em Naboavida.blog

Turquia Espetacular – Férias (Dia 1 – Istambul)

Dia 1 – Istambul

O nosso primeiro dia de excursão foi pela cidade de Istambul, com especial incidência para a zona histórica, aonde pudemos ver as casas tradicionais de Istambul… feitas de madeira… essas casas tinha uma curiosidade… os balcões sobressaídos para que fosse possível ver a porta de entrada… como podem observar abaixo…

O passeio teve como ponto de partida a Praça de Sultanahmet que ocupa atualmente o lugar do antigo Hipódromo Romano (330 d.C.) e do qual ainda podemos ver alguns vestígios como é o caso do obelisco egípcio e da coluna serpentina.

Após, fomos à Mesquita Azul, com os seus seis minaretes e níveis de cúpulas. É um dos edifícios mais marcantes da cidade. Construída como uma rival islâmica para Santa Sofia, em 1609, é um dos melhores exemplos da arquitetura otomana.

Um pouco mais de informação sobre Mesquita Azul ou Mesquita do Sultão Amade (em turcoSultanahmet Camii) é uma mesquita otomana de IstambulTurquia. Foi construída entre 1609 e 1616 e está situada no bairro de Eminönü, no distrito de Fatih em frente da Basílica de Santa Sofia da qual se encontra separada por um formoso espaço ajardinado. É a única mesquita de Istambul que possui seis minaretes.

A Mesquita Azul é um triunfo em harmonia, proporção e elegância. Construída em um estilo clássico otomano, o seu magnífico exterior não faz sombra a seu suntuoso interior. Uma verdadeira sinfonia de belos mosaicos azuis de Iznik dão a este espaço uma atmosfera muito especial. Os imperadores bizantinos construíram um grande palácio onde se encontra hoje a Mesquita Azul. Em 1606 o sultão Amade I quis construir uma mesquita maior, mais imponente e mais bonita do que a Igreja de Santa Sofia.

As mesquitas geralmente eram construídas com um intuito de serviço público. Existiam diversos prédios ao lado da Mesquita Azul que incluem: escola de teologia, uma sauna turca, uma cozinha que fornecia sopa aos pobres, e lojas (o Bazar Arasta), cujas rendas se destinavam a financiar o complexo.

A mesquita foi revestida com azulejos azuis e possui ricos vitrais também do mesmo tom. Não há figuras no interior da Mesquita pois os muçulmanos não cultuam imagens.

Ao entrar na Mesquita é necessário tirar os sapatos. Shortes, minissaias, bermudas ou camisetas sem mangas não são recomendados. Funcionários da mesquita fornecem uma espécie de canga para cobrir as partes do corpo que desrespeitam a religião muçulmana. Ela tem 43 metros de altura.”

Neste dia, assim como em todos os outros, estava um calor muito grande… e um aviso que nos deram foi para evitar roupas decotadas e curtas… resumindo… passei um calor enorme!!! Apesar da roupa ser “decente”… tive que vestir uma saia lindaaaaaaa por cima das calças… e colocar a écharpe como véu…Podem conferir nas fotos a figurinha que eu estava fazendo…com minha écharpe colorida…

Tivemos uma cena muito engraçada dentro da mesquita… resolvemos sentar no chão para descansar e tirar fotos… quando vemos… tinha uns chineses tirando foto da gente….e do nada…para um grupo de turistas em volta da gente… resultado… não conseguíamos levantar para ir embora enquanto o guia não acabou todo o discurso… claro que não conseguia parar de rir… e via o Rui passando e nos procurando… claro que não nos encontrava porque estávamos lá no meio…. impossível sermos vistas…admirem nas fotos abaixo os vitrais…

Na praça ergue-se outro magnífico monumento, a basílica de Santa Sofia, um dos maiores edifícios do mundo bizantino. É famosa pelo seu tamanho impressionante, arquitetura marcante e belos mosaicos e frescos. Construída no século VI como catedral, permaneceu como a igreja mais importante do cristianismo durante mais de 900 anos. No século XV, Mehmet II conquistou a cidade e converteu este edifício em mesquita. Assim permaneceu durante 481 anos, até a fundação da República turca laica, em 1934, altura em que foi transformada em museu.

No caminho entre a Mesquita e a basílica era um mar de gente… quase impossível tirarmos uma foto sozinhos… aliás…em qualquer lugar nesse dia era uma luta tirar fotos sossegados…

Fizemos também a visita à Cisterna bizantina da Yerebatan, a reserva de água mais importante da cidade na época bizantina (construída no século VI). A Cisterna é história nos subterrâneos…é a maior das cisternas da cidade com capacidade de armazenar 80,000 metroscubicos de água. Pela grandeza de área que cobre a cisterna, também é mencionada como “Palácio Submerso” em muitos livros. Na antiguidade, as cisternas eram essenciais em períodos de seca ou durante a invasão do inimigo, dava para virar o jogo dos Bizantinos tendo autonomia de agua.

Foi contruída pelo imperador Justiniano durante época dourada do lmperio. Era o principal reservatório do palácio, alimentado pelo aqueduto romano. No total tem 336 colunas, colocados a cada 4 m.

Ao fundo e à esquerda fica a principal atração da visita. Duas esculturas de cabeças de medusa servem de base para duas pilastras, uma deles está de cabeça para baixo, a outra deitada de lado. Os motivos pelos quais as medusas foram usadas para sustentar essas duas colunas e por que elas estão posicionadas essa forma permanecem desconhecidos.

Há quem diga que tenha algo a ver com manter maus espíritos e energias longe dali. Outros afirmam que na verdade elas foram reaproveitadas de uma construção do Império Romano. Seja como for, elas ajudam a manter a atmosfera misteriosa do lugar.

Muitos séculos se passaram entre o redescobrimento das cisternas e a abertura para a visitação pública. Foi apenas em 1987 que a prefeitura de Istambul resolveu limpar, restaurar e explorar o potencial turístico do local. Hoje, podemos acessar a cisterna através de uma entrada próxima à Hagia Sofia. Após descer um lance de escadas em direção ao subsolo da cidade, é possível explorar a construção através de passarelas construídas em toda sua extensão.

Perto das Medusas há uma fonte dos desejos, uma parte da galeria onde você pode jogar uma moeda e fazer um pedido (apesar de que as pessoas fazem isso em qualquer lugar, como vocês podem ver na foto acima). Eu fiz um pedido…você faria?

Atravessaremos a famosa ponte do Bósforo que liga a Europa à Ásia para uma visita panorâmica do lado asiático da cidade.

Em seguida fomos visitar o Palácio de Topkapi… que foi residência de sultões por 4 séculos…

O mais curioso é que pela dimensão das divisões e números de assentos encontrados nas divisões, nos diversos sofás… consegues imaginar o harém espalhado pelo jardim e repousando nessas diferente salas… confira pelas fotos… o jardim é lindo!!

Para completar tem a vista do Bósforo…uma paisagem muito bonita…com uma vista linda…

Para encerrar o dia, tivemos tempo livre no Grande Bazar, um dos maiores mercados cobertos do mundo, com 60 ruas e 5.000 estabelecimentos comerciais, que atrai entre 250.000 e 400.000 visitantes diários.

É bem conhecido pela sua joalharia, cerâmica pintada à mão, tapetes, bordados, especiarias e lojas de antiguidades. Muitas das lojas no bazar são agrupadas por tipo de bens, com áreas especiais para couro, jóias de ouro, etc.

Do lado de fora do Grande Bazar, assim como em diversos pontos da cidade, podíamos ver os “sorveteiros acrobatas” que brincavam com os clientes e com os cones de sorvete… fazendo malabarismos com os sorvetes…como podem verificar

E desta forma encerramos o primeiro dia da excursão… nos próximos iremos visitar os seguintes lugares:

Dia 2 – Istambul / Ankara

Dia 3 – Ankara / Capadócia

Dia 4 – Capadócia

Dia 5 – Capadócia / Konya / Pamukale

Dia 6 – Pamukale / Éfeso / Izmir

Dia 7 – Izmir / Pérgamo / Tróia / Çanakkale

Dia 8 – Çanakkale / Istambul

Dia 9 – Istambul

Dia 10 – Retorno à Lisboa

Em breve o post do dia 2 – Ankara, com dicas de locais a visitar e fotos para confirmarem o que falo…

Espero que tenham viajado comigo por Istambul neste post… Se gostaria de acompanhar essa viagem…não deixe de seguir Naboavida.blog…

Turquia Espetacular – Férias (Dia 0 – Istambul)

Em 2019, resolvemos aproveitar a semana dos feriados de junho para ir de férias à Turquia… sempre tive a curiosidade de conhecer a cultura, as paisagens, a gastronomia, e muitas outras coisas que descobri ao longo da viagem…

Fizemos uma viagem com um total de 11 dias, que começou e terminou em Istambul… Tanto no primeiro quanto no último dia em Istambul tivemos o dia livre, que foi ótimo para descobrirmos por nós mesmo a cidade… aonde na rua principal… muita coisa acontece ao mesmo tempo… é uma cidade com muitos gatos… não é a toa que é um dos símbolos da Turquia…

Optamos, pela primeira vez, irmos numa excursão da Abreu… não me arrependo… gostei muito da viagem… da organização, dos hotéis escolhidos, e dos locais selecionados…

Passamos pelas principais cidades, ficou nos faltando apenas a região das praias… mas para isso seria necessário mais uma semana… e irei detalhar cada dia do roteiro nos próximos posts. O nosso roteiro foi o seguinte:

Dia 0 – Istambul (Dia extra por causa de problemas com os vôos, anteciparam em 1 dia a nossa viagem

No dia livre aproveitamos para explorar as ruas de Istambul, o comércio local, apreciar os gatos espalhados pela cidade, a cultura, a doçaria e as comidas que encontramos ao longo da rua… Andamos do nosso hotel até a margem do Bósforo e almoçamos nos restaurante turísicos sobre o Bósforo… para ser muito honesta… a comida não era nada de especial… turístico de mais!

Em Istambul também podes encontrar o “bondinho/eléctrico” como os de Lisboa… São Francisco… muito giros…que passam pela rua principal do centro de Istambul..

Essa loja de doces e chá era uma loucuuuuraaaa….paramos aí por duas vezes para provar os doces..as baklavas… cada copinho de chá mais lindo que o outro… trouxe de recordação para tomar chá em casa…

Uma loja que achei muito curiosa… foi uma de perfumes, cada uma mais lindo que o outro…e a loja era linda!! para uma perfumaria…parecia que vendiam ouro…de tão bonita que era…

A Torre Galata, passamos por ela mas não chegamos a subir… a fila era enormeee!! vimos e seguimos viagem…

Finalmente na nossa caminhada chegamos as margens do Bósforo… não atravessamos para o outro lado porque já fazia parte da programação d primeiro dia de passeio… então aproveitamos para curtir as ruas sem pressa de voltar pra excursão.. apreciamos as frutas…bebemos os sumos… vimos os instrumentos musicais expostos…fomos as lojas de turistas e as locais também…adorei!!! cada coisa diferente… e lindas… mas como é início da viagem… deixar para o último dia para as compras…e ao longo da viagem…

Na margem do Bósforo encontras os pescadores… e claro muitos barcos e pássaros sobrevoando…

Espero que tenha sentido um pouco do que é Istambul….

Em seguida irei criar um post para cada dia da nossa viagem, que constará do seguinte roteiro:

Dia 1 – Istambul

Dia 2 – Istambul / Ankara

Dia 3 – Ankara / Capadócia

Dia 4 – Capadócia

Dia 5 – Capadócia / Konya / Pamukale

Dia 6 – Pamukale / Éfeso / Izmir

Dia 7 – Izmir / Pérgamo / Tróia / Çanakkale

Dia 8 – Çanakkale / Istambul

Dia 9 – Istambul

Dia 10 – Retorno à Lisboa

A partir de agora irei fazer um post para cada dia dando mais detalhes, com dicas de locais a visitar e fotos para confirmarem o que falo…irei dar a dica e comentar os hotéis em que estivemos hospedados, assim como os contactos.

Se gostaria de acompanhar essa viagem…não deixe de seguir Naboavida.blog… espero que curtam essa experiência!!

Kruger Parque – Africa do Sul

Em 2008, no meu primeiro ano em Angola… aproveitamos um feriado para irmos a África do Sul…fomos a Capetown, Johannesbourg (aonde aproveitei para visitar os meus primos) e por fim fomos fazer o Safari no Kruger Parque… que anos depois descobri que afinal… não era bemmm um safari, visto ser numa área fechada e controlada…em 2015…fiz safaris no Botswana…que ainda irei partilhar aqui…

Este post vou me limitar ao Kruger Parque…em breve…farei um de Capetown… com o “mergulho com tubarão branco”, vista do topo da Table Mountain, Baleias a saltar….e por fim uma visita as vinhas…

No Kruger optamos por ficar no hotel no portão do Parque… ficamos no Protea Hotel Kruger Gate – Marriot… agendamos um safari noturno no dia para o dia em que chegamos e um de 1 dia inteiro para o dia seguinte… Conseguimos atingir o nosso objetivo, ver o Big 5 (Elefante, Rinoceronte, Leão, Leopardo, Búfalo).. claro que o safari não se limitou a esses animais, vimos gazelas, macacos, hipopótamo, girafas, hiena e muito mais…

Do safari noturno o que mais gostei e recomendo… é o por do sol na savana… lindoooooo… de noite é mais complicado de ver os animais… ja estão se recolhendo… vimos hiena….disseram que tinha um leão… que eu nao consegui ver…. e pouco mais…

Muito diferente do que aconteceu no dia seguinte…quando vimos todos os animais… uma recomendação… muito vão com carro próprio… nós optamos por um safari privado…éramos 3….então foi ótimo..cada uma ia num banco com a possibilidade de tirar foto dos dois lados…Além da segurança que senti em ter um guia e poder estar num carro aberto mais próximo dos animais… os guias se comunicam dentro do parque e sabem aonde os animais costumam a estar… senão seria muito difícil em apenas 1 dia ver todos os big five e mais os outros animais… e os big five….vimos mais de uma vez…

Almoçamos numa área de restaurante que se encontra dentro do parque… como expectável…. paga-se caro e não comemos nada de especial….foi mais um lanche….depois jantamos bem no hotel !!

Não podia deixar de partilhar um momento único, em que vimos o leão se espreguiçando e virando… maravilhas da natureza!!

Espero que tenha viajado comigo nessa aventura… qualquer informação, apesar de ja ter sido em 2008, se puder ajudar…estou a disposição… Se gostou deixe seu like…. ou comente…Naboavida.blog

Portas da Madeira

No Funchal, na Ilha da Madeira, ao andar pela cidade vais ter o prazer de admirar a arte de diversos artistas que se expressaram pintando as portas da cidade… verdadeiras obras de arte…confira abaixo:

Espero que tenha gostado dessa arte urbana…e que tenha o prazer de andar pelas ruas da Ilha da Madeira e apreciar esta galeria de arte a céu aberto…. qual porta você mais gostou?? a minha preferida é a da Sereia com o golfinho…e a sua?

Em breve novos posts com o resto da viagem da Ilha da Madeira….espero que apreciem!

Naboavida.blog

Mercados de Natal em Munique

Quando podemos transformar trabalho em prazer… porque não fazer ? Esta semana estarei trabalhando em Munique… então abri mão da minha tarde de Domingo em casa e vim num vôo mais cedo pra conhecer um pouco da cidade…

Próximo passo será me programar para vir com mais calma e tempo para aproveitar a cidade e os arredores… do que eu pude ver numa tarde…já me deu vontade de voltar… árvores de Natal vende-se na rua…

À época de Natal é mágica… mas diria que adorei o que vi e vivi em Munique … os mercados de Natal estão em todo lado… em todas as praças… são muito bonitos e diria ‘deliciosos’!!!!!

Além de muito artesanato de Natal lindos… pude experimentar as salsichas…vinho quente (não sei o nome que dão) … crepe de nutela!!! E não comi de tudo 😊 fiquei com vontade de voltar!!!! Cada copo de vinho que comprar… pagas um depósito pelo copo/caneca… e depois podes retomar o copo e recuperar o valor do copo ou guarda de recordação…claro que levo 2 canecas de recordação muito giras!!!

Resumindo…adorei!! Naboavida.blog

Da Régua ao Pinhão – Passeio pelo Douro

Recebemos um convite de um casal de amigos para ir passar o fim de semana na “terra” da família – Soutelinho, e como excelentes anfitriões planearam o fim de semana completo… descreverei a programação que fizemos…

Sábado fomos de manhã para o Pinhão, aonde deixamos os carros e apanhamos o comboio até a Régua (o bilhete do comboio compramos na hora, sem problema nenhum).

Chegando a Régua almoçamos numa tasca local muito boa, mesmo em frente ao cais de onde saía o barco…

Apanhamos o barco por volta das 15hs, que já havíamos reservado e comprado os bilhetes com antecedência, de volta até ao Pinhão, com a particularidade que passamos pela eclusa da Barragem da Régua…Eu nunca tinha subido numa eclusa e adorei a experiência, fiquei mesmo a frente do barco para ver como funcionava….e em que momento abriam os portões…bastante interessante…

O passeio ao longo do rio…apreciando as vinhas é sem duvida um passeio muito bonito…principalmente se derem sorte com o tempo… como foi o nosso caso…

Ao chegar ao Pinhão já tínhamos a nossa espera uma vanete descapotável que nos levou para fazer o passeio pelas vinhas da Quinta das Carvalhas… Do alto da vinha, víamos o Douro….e os barcos que passavam…um visual muito bonito…para completar o visual tivemos o prazer de ver o pôr do sol lá do alto… lindo visual!!! Podem conferir o nosso percurso pelas fotos…

Do alto da vinha, víamos o Douro….e os barcos que passavam…um visual muito bonito…para completar o visual tivemos o prazer de ver o pôr do sol lá do alto… lindo visual!!! Podem conferir o nosso percurso pelas fotos…

Ao descer das vinhas fizemos a prova do vinho do Porto da Quinta das Carvalhas… não resistimos em trazer uma garrafa para tomarmos de aperitivo…

Já descemos no anoitecer…claro que a vista da cidade estava linda… confiram…

No Domingo, ja tínhamos reservado a visita a Adega dos Favaios, para fazer a prova do Moscatel de Favaios, vale a pena realçar que moscatel não é uma exclusividade de Setúbal, compramos uma garrafa para lembrarmos do passeio cada vez que tomarmos e recebermos os nossos amigos em casa…

No retorno para casa almoçamos em Vila Real na Quinta do Paço como de noite já havíamos comido a posta Mirandesa… optamos por bacalhau no almoço.. não sei porque não acho as fotos do almoço… se calhar comi sem fotografar…

Espero que tenham viajado um pouco comigo… nas fotos que partilhei… mais uma vez agredecemos o convite para uma fim de semana fantástico… que nossos amigos organizaram… muito obrigada!!!

Como eu digo… o importante é aproveitar cada momento que temos… espero que tenham gostado….se gostou deixe seu like…se quiser mais informações esteja a vontade em deixar nos comentários…até a próxima Naboavida.blog

Feira da Golegã – 2019

Este ano fomos novamente a Feira dos Cavalos na Golegã… mudamos a programação e fomos almoçar com os colegas do meu projeto… uma das colegas que é daquela zona reservou o restaurante Café Central e foi a nossa anfitriã no evento deste ano…

Apesar do mau tempo a companhia foi ótima e nos divertimos na mesma… quem nunca tinha ido…como é óbvio adorou ver o desfile dos cavalos e também eles expostos…sem dúvida um dos animais mais bonitos que existe…


A seguir ao almoço fomos tomar o abafadinho e comer as tradicionais castanhas assadas… está aberta a temporada das castanhas… e como o dia de São Martinho se aproxima… come-se castanhas assadas com aguapé…

Se você ainda não foi a Feira dos Cavalos na Golegã.. ainda tem até o dia 11 de Novembro para ir… senão somente ano que vem!!! Todo ano essa tradicional feira se repete!!! Mas não se esqueça e atenção por onde anda… prioridade cavalos e charretes!!!

Se gostou… deixe seu like… se deseja mais informações… deixe no comentário … espero que tenham apreciado o post… e dessa vez os créditos das fotos não são todos meu… meus colegas partilharam ótimas fotos e me autorizaram partilhar aqui no blog Naboavida.blog!!!